Orientações pré-operatórias

Algumas dicas pré-operatórias

 

Tudo pronto? Sabemos da expectativa que surge às vésperas de uma cirurgia e colocaremos algumas respostas para as dúvidas mais frequentes. Vamos lá:

 

Quanto tempo de jejum é necessário?

O jejum deve ser de 8 horas, tanto para alimentos sólidos como líquidos. O objetivo do jejum é evitar o risco de regurgitação de conteúdo gástrico e vômitos para os pulmões durante o procedimento anestésico e cirúrgico. O GastroCentro Piracicaba adere ao protocolo ACERTO e, nos hospitais em que ele é seguido, permite-se o uso de maltodextrina e sacarose em soluções prontas para consumo, como o Fresubin®.

Mas pessoas que possuem problemas de esvaziamento gástrico, como obesos mórbidos e diabéticos não devem utilizar esse suplemento e observar o tempo de jejum de pelo menos 8 horas.

 

Que medicamentos precisam ser suspensos antes da cirurgia?

Alguns medicamentos podem causar problemas e por isso precisam ser informados ao seu médico e suspensos antes da cirurgia:

- Medicamentos para o controle do diabetes – como há a necessidade de jejum, os medicamentos para controle de diabetes devem ser suspensos no dia da internação, pois há o risco de haver queda da taxa de açúcar no sangue. São exemplos: metformina, pioglitazona, insulina, entre outros.

- Anticoagulantes e antiagregantes – como são medicamentos que potencializam o risco de sangramento, devem ser suspensos conforme a orientação de seu médico. Recomenta-se a suspensão dos anticoagulantes e antiagregantes pelo menos cinco dias antes da internação, ou conforme a orientação. Quem não pode deixar de utilizar anticoagulantes, pode ter sua medicação substituída por outras mais seguras para uma cirurgia.

- Anticoncepcionais e reposição hormonal (menopausa) – aumentam o risco de formação de coágulos, principalmente em cirurgias de grande porte. Por isso, recomenda-se a suspensão, mas deve ser discutida com seu médico, pois, para algumas condições, como na endometriose, seu uso é importante.

- Ginko biloba – é um medicamento com efeito anticoagulante e deve ser suspenso antes da cirurgia. Aliás, todo medicamento, inclusive os “naturais” devem ser relatados, pois podem ter efeitos inesperados!

- Os demais medicamentos, como anti-hipertensivos, anticonvulsivantes, medicamentos para hipotireoidismo e arritmia devem ser mantidos!

Todos os medicamentos devem ser discutidos com seu médico! Assim, é muito importante fazer uma lista de medicamentos, incluindo chás, ervas e cremes, que se costuma utilizar. Isso garante maior segurança! Fotografar a embalagem dos medicamentos também ajuda!

 

Banho, pelos e unhas

A higiene é muito importante para a redução do risco de infecções. Tomar um bom banho próximo ao momento da cirurgia ajuda! Utilizar um sabonete líquido com Clorexidina a 2% pode ajudar. Essa solução pode ser encontrada em farmácias ou pela internet e pode ser utilizado antes e após a cirurgia.

Os pelos não devem ser raspados com gilete, pois isso aumenta o risco de lesões sobre a pele e, com isso, infecções. O ideal é que se apare os pelos de forma que fiquem bem curtos no local da cirurgia o mais próximo possível do momento da cirurgia. Depilações convencionais devem ser evitadas, pois também podem produzir lesões na pele e aumentar o risco de infecções. Na dúvida, deixe como está e nós realizaremos a remoção dos pelos no momento da cirurgia.

O umbigo deve ser bem lavado, mas evite excesso de manipulação para não machucar a pele. Os cabelos devem ser muito bem lavados, mas devem estar secos no momento da cirurgia, pois podem conduzir corrente elétrica.

Evitem utilizar cremes e perfume no dia internação. Desodorantes neutros podem ser utilizados. Mantenha unhas aparadas e limpas. Evite o uso de esmaltes coloridos, pois precisarão ser removidos para permitir o adequado uso de sensores como oxímetros.

Unhas postiças, cílios postiços, piercings, brincos e anéis devem ser removidos, pois podem interferir com os equipamentos e mesmo gerar queimaduras em função do uso de corrente elétrica durante a cirurgia.

 

O que levar para a internação?

Todos os seus exames! Leve os exames que realizou para a cirurgia, pois pode ser necessário consultar imagens e laudos.

Seus medicamentos! Ainda que o hospital possua uma grande variedade de medicamentos, nem todos estão disponíveis para uso imediato. Assim, levar seus medicamentos, principalmente de uso crônico, é importante. Certifique-se de que estão dentro do prazo de validade e sua dosagem está devidamente registrada. Um farmacêutico clínico deve passar para fazer a conciliação dos medicamentos, caso precise ficar internado por alguns dias.

Roupas leves, confortáveis e até um pouco mais largas! Devem ser fáceis de vestir e tirar. As partes superiores, se forem de abotoar podem facilitar, pois o uso de acessos venosos (soro e medicamentos) pode atrapalhar o manejo das roupas.

Lembre-se de levar uma roupa para a alta! Também leves e confortáveis!

Chinelos que podem ser molhados e que não escorreguem são importantes. Objetos de higiene pessoal também! Lembre-se também dos calçados para a alta.

Uma lista com todos os medicamentos que utiliza, bem como suas dosagens! Lista de substâncias aos quais possui alergia! E mesmo uma lista de restrições alimentares, caso possua.

Uma lista de contatos, com nome, telefone e grau de parentesco é importante. Caso deseje que alguém seja contato e informado antes ou após a cirurgia, deixe explícito e leve consigo para a sala de cirurgia para que seu médico o receba.

Carregador de celular! Material para leitura ou para se distrair. Infelizmente algum tempo de espera acaba sendo necessário por conta do fluxo de internação e de cirurgias. O celular pode ser utilizado até pouco antes da ida ao centro cirúrgico. Filmes, séries, leitura ajudam a passar o tempo.

 

O que não levar!

Evite levar objetos de valor, pois por mais que os hospitais sejam locais seguros, infelizmente há indivíduos que se aproveitam dos momentos de distração para realizar furtos. Leve apenas o essencial para identificação e comunicação.

Também não leve comida! O hospital proverá as suas necessidades alimentares, assegurando higiene e parâmetros nutricionais adequados para sua condição.

 

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis. Quaisquer dúvidas adicionais podem ser sanadas pelo whatsApp – (19) 99749-2634 (horário comercial). Boa cirurgia!

 

Dr. Miki Mochizuki – CRM 88.150

gastromiki@gmail.com

Mais artigos e textos

Agende Agora

Informações e agendamento de consultas:

19. 3418 0000

Gastrocentro

Cirurgia do Aparelho Digestivo e Coloproctologia | Cirurgia de Obesidade e Cirurgia Oncológica

desenvolvido por Index Soluções